Os sorrisos de Angkor

bayon templo camboja janela vista rosto   Decidi voltar pro mato.

Imagine um muro que “corre” um quadrado gigante de 9 km² e seus vértices localizados exatamente nos quatro pontos cardeais. No centro, um templo com várias torres e faces sorridentes. Tudo isso no meio da selva.
Bayon-temple Croftiando por ai. (by Wikipedia)Bayon Temple Reflection at SunriseSugiro salvar esta foto By Essence in Photography 

Bem, pra chegar lá é fácil. Depois do Angkor Wat, o Bayon é o próximo templo na rota tradicional do seu motorista do tuk tuk , então ele já tá sabendo das tretas. 😀 Pode ir de bicicleta também, boa sorte com a poeira.
tuk tuk loko
Só espero que você não pegue um tuk tuk lokão

Menina linda super sorridente! Andar de tuk tuk é super divertido, ainda mais com o nosso motorista buzinandinho, fazendo careta, subindo a viseira do capacete (Achou!!) , dando tchau….bayon templo camboja tuk tuk menina sorridenteO Bayon é o templo central da cidade Angkor Thom e foi construído por volta de 1190 a.c pelo rei Jayavarman VII (o mesmo do Ta Phrom), cem anos depois do Angkor Wat. Também faz parte do grupo de templos mais enigmáticos: pelo simbolismo, pela própria estrutura e pelas faces em si, que podem ser do rei (que se considerava um rei-deus) ou de “seres iluminados da compaixão” chamados Avalokitesvara ou Lokesvara. Este templo é a expressão do estilo barroco khmer, sem paredes e com a impressão de estar “comprimido”,  total oposto do estilo clássico do Angkor Wat.bayon templo camboja rosto
contraste de cores camboja bayon
Contraste de coresbayon templo camboja khmer dancePessoal vestido para realizar a  tradicional dança khmer e ganhar uma grana extra. Como no Angkor Wat, a quantidade de turistas é enorme (90% japoneses, pra variar, tinha uma excursão rolando, só pode!!!). Fica difícil de tirar umas fotos boas sem ninguém.

As paredes possuem relevos que retratam o cotidiano, batalhas navais, marchas com elefantes, catapultas…São mais de 11 mil figuras gravadas na pedra, totalizando 1,2 km de parede!1200px-Bayonnavalbat01Batalha naval com corpos ao mar no meio dos peixes gigantes (by Wikipedia)Bayon_Angkor_Relief1Elefante estiloso! (by Wikipedia)

Como eu acredito que essa batalha terminou:
legolas-kills-oliphant-o

E na saída:
bayon templo camboja mongeMonge super fashion, curtindo a moda do animal print. AMEI!!!
what
Comassiiiiiiimmmm Também quero uma!

Anúncios

KL suave na nave

Kuala Lumpur significa rio lamacento, não é uma boa definição, mas fazer o que né, não podemos mudar a história nem a geografia (aliás, desconfio que vi esse rio hoje, bem cheio e nervoso!!). Também pode ser chamada de cidade jardim das luzes, um nome mais digno. A cidade surgiu quando um rei malaio contratou uns chineses para abrir uma mina e a partir dai vieram indianos e muçulmanos de todos os lugares, tornando KL muito rica culturalmente e economicante. Mesquitas, templos hindus e chineses estão espalhados pela cidade e são algumas das atrações turísticas mais visitadas.image

O símbolo da Malásia, sem sombra de dúvida, é o edifício Petronas, composto por duas torres gêmeas, atualmente as mais altas do mundo (e permanecerão nesta posição por um bom tempo). Possuem 88 andares e uma das torres é quase totalmente ocupada pela empresa Petronas, uma Petrobras da vida, dona de todas as reservas de petróleo e gás natural da Malásia. É possível visitar a ponte que conecta as duas torres e o octogésimo quarto andar!!! Wiiii Os ingressos são vendidos no térreo do prédio, na entrada do shopping, e possuem hora marcada. Peça desconto para estudante ou não se já for um escravo do salário 😀image

Na frente das torres existe um parque lindo! Projetado por Burle Marx <3, BR marcando presença, o parque tem fontes e chuveiros e uma piscina e uma ponte e uma baleiaaaaa de metal!!!! E milhões de mães deixam os filhos contentes correndo e nadando enquanto põem as fofocas em dia.imageimageOutra atração bem popular se chama Batu Caves e fica a 13 km do centro de KL. É mega longe meodeosdoceo mas não é um problema chegar lá, pois o transporte público é integrado, bom, barato e fácil de entender. Pagamos um rmb, 70 centavos de real, pelo trajeto de quarenta minutos até o ponto final. Desconfia-se que as cavernas possuem 400 milhões de anos, imagina quanta coisa já abrigaram e ainda existem na escuridão! Aliens! Dá pra visitar a caverna escura, mas cobra entrada, então já sabem a resposta. Não tava a fim de encontrar um monstro lá dentro, vai que…tumblr_msovc8eHvG1rp1soxo1_400imageSe você não curte 272 degraus e MACACOS do inferno, fique perto desse gigante de 42 metros, o Lord Murugan.

A cavernas abertas ao público são bem legais e muito altas, mas os templos dentro delas não. Eu acho os templos hindus muito confusos e coloridos, muitas estátuas com mãos quadruplas e bigodes style! Visitei outro no centro de KL e possui a mesma estrutura e estátuas semelhantes…. agora o significado de cada um é um mistério. Antes de ir embora, vá para a direita perto da estátua do homem macaco verde gigante, pois tem outra caverna ali. Fiquei sabendo disso agora u.u fail

Bangkok, Banguecoque, BKK

Normalmente sobra uma tarde livre entre uma cidade e outra. Hoje é uma dessas contando a manhã também. Mas nem sempre é possível ficar em um shopping badalado tocando barabarabara bereberebere. Sim, essas preciosidades da música brasileira tocam pelos lados asiáticos.
Bangkok é uma cidade bem moderna com muita gente bizarra: muitos hipsters, gays em todos os lugares e dos dois lados, meninas parecendo bonecas com lentes de contato que aumentam o olho e pó branco na cara inteira e muito turista mulambento tipo eu.
O contraste moderno / histórico é impressionante pois de um lado tem templos, budas e monges, e do outro shoppings cheios de gente, lojas lokonas com leds nas vitrinas e ar condicionado do amor. Entre um shopping e outro, existe algum templo ou monumento no qual os locais acendem incensos, fazem umas preces e deixam um dinheirinho ou comida como oferenda.

A locomoção se torna fácil com a ligação metrô, skytrain e barco. Tudo funciona no self service: você escolhe o trajeto, adiciona as moedas na máquina e ela te da o ingresso e o troco. Lembre-se de manter o ingresso até o final, se não paga multa (também mantenha longe de outros ingressos pois um pode descarregar e vai ter que pagar multa de qualquer jeito #truestory). Também tem um ticket diário pro barco por 150 bahts pra usar quantas vezes quiser, porém sai mais barato não comprá-lo. Algumas coisas só aprendemos perdendo dinheiro. Você consegue chegar nos principais pontos turísticos rapidamente sem utilizar tuk tuks da desgraça. Há também a possibilidade de pedalar pela cidade: basta encontrar a paradinha de bicicleta oficial da cidade, apresentar seu passaporte, tirar umas fotos (prova do crime que é você mesmo usando a bicicleta) e sair pela ciclovia sem a necessidade de gastar nada.

Conhecemos vários templos espalhados em Bangkok. Um dos mais valorizados, digamos assim, é o Wat Arun, escolhido para a moeda de um e de dez bahts. Pra chegar até ele, é necessário pegar uma balsa e pagar a fortuna de 3 bahts + 50 para visitar. As escadas para chegar ao topo são horripilantes pois são muito estreitas e a diferença de um degrau para o outro é alta, seu joelho pede arrego bonito.
As paredes são decoradas com porcelana chinesa e conchas, além de macacos e demônios, o que não deixa de ser um pleonasmo. Mas como minha  bateria da câmera acabou, fica essa foto tirada do ferry linda para apreciação.imageO Buda gigantesco de 43 m de comprimento e 15 de altura motherofholybudas está localizado no Wat Pho, um tempo budista próximo ao palácio real. É conhecido como Buda reclinado ou Wat Phra Chettuphon Wimon Mangkhlaram Ratchaworamahawihan, saúde! Ao lado do Buda existem 108 “panelinhas” nas quais você coloca moedas (segue a sequência até o final), um tipo de ritual para ter boa fortuna na vida e ajudar os monges a manter o templo. Além desse Buda existem outras mil imagens espalhadas pelo complexo. É Buda para dar e vender.image

imageDeve ser difícil encontrar chinelo com esses pés!

O Palácio Real é um complexo com n templos em um espaço razoavelmente pequeno para abrigar tantos. Um grande muro branco separa o lado histórico das ruas cheias de tuktuks e larápios querendo alugar ou vender roupas compridas, já que você não consegue visitar o palácio se não tiver os ombros e as pernas cobertas. Mas fique esperto! Você empresta roupas assim dentro do palácio, no lado direito da entrada, sem pagar nada!! A entrada custa 500 bahts, uma das mais caras, mas compensa!

Cada templo é decorado de forma diferente e possui uma história própria. Este por exemplo guarda um Buda de jade!imageOutros são decorados de todas as formas possíveis, minimalismo non ecsiste.imageOutros possuem formatos e figuras demoníacas ou engraçadas, murais contando alguma história mitológica…Até tem uma cópia do Angkor Wat!!! Como assim vei!! Tudo influência do império khmer. Same same but different.imageDepois de caminhar um monte, aproveite para pedir um pad thai nas barraquinhas na rua, comida deliciosa e barata!!! É de boa comer na rua, sendo cozido ou frito tá valendo, goela abaixo sem dó!imageamor no coração eterno!!!! Sortudos aqueles que vão na minha casa jantar #fikdik