Musée d’Orsay

Tudo começou com a estação Gare de Orsay, construída em 1989 para a inauguração da Exposição Universal de 1900. O prédio possuía rampas, elevadores, tração elétrica, tudo de moderno. Daí teve a guerra, caos e a estação perdeu seu esplendor: foi usada para trens menores (rede suburbana) e em seguida virou uma filial dos Correios (dafuq). Depois desse tempo negro, o governo francês teve a ideia de fazer um museu, já que a arquitetura é belíssima, o espaço grande e a localização uma beleza. Em 1986 foi inagurado o Musée d’Orsay (lê-se müsé dorsé, faz biquinho aí). musee d orsay paris museu impressionismo entrada 2 Fila para a compra do ingresso. Tem pra estudante também :3musee d orsay paris museu impressionismo entrada Uma ideia da fachada O museu possui três níveis, porém não há separações abruptas, há uma harmonia e um preocupação em mostrar a arquitetura e como o espaço foi utilizado.musee d orsay paris museu impressionismo interiorFoto daqui Existe uma certa grandiosidade, uma atmosfera tranquila e clean que toma conta da sua alma, transformando a simples experiência de visitar o museu em algo muito além do esperado, que te deixa sem ar. E a cada quadro ou escultura ocorre uma “limpeza mental”, eu não consigo descrever a sensação que eu tive, parece um entorpecente.   Uma breve lista dos artistas phynos encontrados aqui: Paul Cézanne Edgar Degas Eugène Delacroix Antoni Gaudí Paul Gauguin Vincent van Gogh Gustav Klimt Édouard Manet Henri Matisse Piet Mondrian Claude Monet Edvard Munch Pierre-Auguste Renoir Auguste Rodin Georges Seurat Henri de Toulouse-Lautrec É, a exposição não é fraca não!!! http://www.youtube.com/watch?v=qrBwWSuZaEg Recomendo fortemente ouvir durante a visita, ainda mais com o Claudio Arrau tocando ❤ Dá pra intercalar com o “radinho” do museu, às vezes são monótonos demais. Impressionismo na veia! Mááá tudo tem lado ruim, não dá pra tirar foto ;.;how i met you mother angry Barney stinson “Aff tanta beleza, olha esse teto, esse restaurante, esse relóóóogio e não posso nem guardar pra posterioridade? Não vou tirar fotos dos quadros, atrapalhando todo mundo com o flash, só umas selfies moça, pleeeasee” Meu lamento não funcionou, mas pelo menos a “deixei a carteirinha de estudante na Alemanha” sim (e tinha deixado mesmo u.u, NUNCA ESQUEÇAM) Não irei falar de quadros favoritos. Para a nossa alegria, visite o  museu AGORA no Art Project Musée d’Orsay Paris do Google ! 😀 No Site do Museu dá pra comprar o ingresso adiantado, já ganhe tempo evitando as filas. Também dá pra visitar a lujinha online pra saber o que comprar na hora 😀 Tem casa coisa linda! tschüss

Anúncios

10 coisas para curtir em Paris

É. Chegou o dia em que finalmente decidi escrever sobre Paris. E não é porque tá acabando histórias da Ásia, é porque sou meio traumatizada mesmo.

Paris é uma cidade absurdamente linda, com a capacidade criar experiências excelentes. Se não fosse pelos parisienses. Eles não gostam muito dos turistas, especialmente dos que não falam francês e ainda mais dos que falam um francês reba.
Um causo: pedi uma informação em inglês para uma moça e ela respondeu em francês rápido e emburrado, mas consegui pegar umas três palavras. Aí fiz outra pergunta com elas, a moça já tava indo embora, ficou meio assim O-o (“omg ela entendeu”) e respondeu surpresa (de novo em francês). Agradeci em alemão, a dita “língua bárbara, rude” sem a delicatesse francesa.

Essa atitude (da moça, do garçom, do padeiro) me decepcionou um pouco u.u
pedindo informação na frança dumbledore harry potter
Aí surge a pergunta: se eles falam um inglês ruim ou é nariz empinado mimimi je ne se pas com muito desdém.

Má enfim.  Todo lugar tem os pontos positivos e negativos…e tem também a propaganda enganosa e maravilhosa que constroem em cima do lugar. O jeito é visitar e conferir 😀

Breve lista do que eu aproveitei de verdade em Paris:

1- Observar todas as pinceladas nas obras impressionistas de Renoir, Degas, van Gogh, Manet, Monet e Toulousse Lautrec no Musée d’Osay. Leve um lenço para secar as lágrimas de felicidade e lyndeza.
gato louco detalhes pinturas

2- Tomar um sorvete enquanto caminha pelas ruas estreitas de Montmartre.
montmartre ruas sorvete paris frança

3 – Jantar na Champs-Élysées tomando um vinho francês.reação ao tomarvinho frances tyrion lannister

4- Sentar na escadaria da Basílica de Sacré Cœur e sentir essa “atmosfera francesa”. montmartre sacre coeur escadarias o que fazer em paris

5- Tirar foto com pinturas menos badaladas, lindas e bizarras no Museu do Louvre. certo errado museu do louvre paris pinturas

6 – Ver os lindos vestidos de noiva dos casais rycos asiáticos.casamento astiatico notre dame

8- Caminhar às margens do rio Sena.caminhar ao longo do rio sena paris o que fazer me paris

9 – Curtir os músicos/artistas de ruatumblr_m0c2f5YDWY1rqlipeo1_400

10 – Olhar pra cima!paris torre eiffel baixo o que fazer em paris

 

Auf wiedersehen HU3

Os sorrisos de Angkor

bayon templo camboja janela vista rosto   Decidi voltar pro mato.

Imagine um muro que “corre” um quadrado gigante de 9 km² e seus vértices localizados exatamente nos quatro pontos cardeais. No centro, um templo com várias torres e faces sorridentes. Tudo isso no meio da selva.
Bayon-temple Croftiando por ai. (by Wikipedia)Bayon Temple Reflection at SunriseSugiro salvar esta foto By Essence in Photography 

Bem, pra chegar lá é fácil. Depois do Angkor Wat, o Bayon é o próximo templo na rota tradicional do seu motorista do tuk tuk , então ele já tá sabendo das tretas. 😀 Pode ir de bicicleta também, boa sorte com a poeira.
tuk tuk loko
Só espero que você não pegue um tuk tuk lokão

Menina linda super sorridente! Andar de tuk tuk é super divertido, ainda mais com o nosso motorista buzinandinho, fazendo careta, subindo a viseira do capacete (Achou!!) , dando tchau….bayon templo camboja tuk tuk menina sorridenteO Bayon é o templo central da cidade Angkor Thom e foi construído por volta de 1190 a.c pelo rei Jayavarman VII (o mesmo do Ta Phrom), cem anos depois do Angkor Wat. Também faz parte do grupo de templos mais enigmáticos: pelo simbolismo, pela própria estrutura e pelas faces em si, que podem ser do rei (que se considerava um rei-deus) ou de “seres iluminados da compaixão” chamados Avalokitesvara ou Lokesvara. Este templo é a expressão do estilo barroco khmer, sem paredes e com a impressão de estar “comprimido”,  total oposto do estilo clássico do Angkor Wat.bayon templo camboja rosto
contraste de cores camboja bayon
Contraste de coresbayon templo camboja khmer dancePessoal vestido para realizar a  tradicional dança khmer e ganhar uma grana extra. Como no Angkor Wat, a quantidade de turistas é enorme (90% japoneses, pra variar, tinha uma excursão rolando, só pode!!!). Fica difícil de tirar umas fotos boas sem ninguém.

As paredes possuem relevos que retratam o cotidiano, batalhas navais, marchas com elefantes, catapultas…São mais de 11 mil figuras gravadas na pedra, totalizando 1,2 km de parede!1200px-Bayonnavalbat01Batalha naval com corpos ao mar no meio dos peixes gigantes (by Wikipedia)Bayon_Angkor_Relief1Elefante estiloso! (by Wikipedia)

Como eu acredito que essa batalha terminou:
legolas-kills-oliphant-o

E na saída:
bayon templo camboja mongeMonge super fashion, curtindo a moda do animal print. AMEI!!!
what
Comassiiiiiiimmmm Também quero uma!