Hoi An no coração

Hoi An é uma cidade pequena na região central do Vietnã. Para chegar lá pegamos o ônibus estiloso, lu$ho e phynesse por quatro dólares que demorou três horas (parando uns 20 min para o café) para chegar ao destino.busao hoi an vietnaSim, esse é o fundo do busão: camas no segundo andar (!!!!) e ar condicionado.

Hoi An quer dizer “lugar de encontro tranquilo” e historicamente, a cidade se chamava Faifo, que soa muito mais divertida que o nome atual para falar a verdade. Há séculos amém, a região era ponto de venda de especiarias e acúmulo de ryqueza. Hoje várias lujinhas vendem bolsas, lanternas, esculturas e outros cacarecos para a tristeza da minha carteira (aliás, comprei uma nova aqui!). Também existe a possibilidade de você mandar fazer um vestido/terno sob medida: fazem qualquer modelo com o tecido e a cor que quiser para o dia seguinte! Um normalzinho sai por 20 USD. Maaaas se barganhar, conversar, fingir que vai embora ou comprar mais de uma peça/cacareco economiza algumas verdinhas. Eles pegam a calculadora, digitam o preço e pedem pra você digitar o quanto deseja pagar. E assim vai. Digite a metade e vai negociando.lanternas lamps hoi anQueria levar umas quarenta lanternas dessa pra casa ;.;hoi an streetEssa rua só está vazia porque saimos do centrinho entupido de turistas. Aqui as lujinhas são mais baratas e para chegar é só atravessar a ponte japonesa na mocagem (na verdade não sei se tinha que pagar entrada, simplesmente passamos por ela ahueahe).bolsas mil hoi an Muitas bolsas lindas! escultor hoi an As pessoas são super acolhedoras, amor no coração!! No início, pensei que estavam sendo amigáveis porque queriam vender, mas nem sempre é assim. Gostam de conversar, passar a mão no braço (principalmente se for branquela que nem eu, acham muito bonito pele assim) e dependendo do negócio, ganha um abraço no final!guia local lokonaFoi o que aconteceu aqui! Nenhuma mãe em sã consciência deixaria o filho nos meus braços! Ele quase chorou ;.; Mas enfim, realizamos um tour planejado por duas estudantes locais e voluntárias do programa Hoi An Free Tours: elas praticam o inglês e a profissão e não cobram nada por isso, pois se divertem e fazem amigos. Experimentamos esse tipo de programa em outras cidades e posso dizer que as gurias são muito loque, dorgas total, diversão garantida do início ao fim! Recomendo.

Fomos de bicicleta até a balsa para chegar em uma ilha onde tem uma comunidade mais carente, vimos como fazem o macarrão de arroz, barcos, esculturas e tapetes.fazendo macarraoEspalham a massa de arroz (trituram o arroz milhares de vezes até virar um “leite”) em um tecido esticado na panela  e deixam cozinhar por uns minutinhos. Tiram e deixam esfriar antes de cortar em tirinhas. tecelagemUsam tapetes como tapetes ou juntam vários para dormir. 

Fato interessante: ao lado dessa casa estavam comemorando um casamento com música bem alta e ainda por cima: karaoke!!! Vish. O fervo é o mesmo em qualquer lugar: bebedeira, gente pagando mico e comida boa!

E obviamente compramos os famosos chapéus cônicos!! Partiu Mortal Kombat!!hoi an hats

Anúncios

7 respostas em “Hoi An no coração

  1. Angela!! Que loucura, tô amando isso! Teu jeito espontâneo de escrever me faz sentir como se estivesse aí! Parabéns!
    Vou ler sempre!!!
    Beijão guria!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s